Super Size Me (No Brasil: A dieta do palhaço / Super Size Me – 30 dias de fast food) é um documentário americano de 2004, escrito, produzido, dirigido e protagonizado por Morgan Spurlock, um cineasta independente dos Estados Unidos da América.

No filme, Spurlock segue uma dieta de 30 dias (fevereiro de 2003) durante os quais sobrevive em sua totalidade com a alimentação e a compra de artigos exclusivamente do McDonald’s. O filme documenta os efeitos que tem este estilo de vida na saúde física e psicológica, e explora a influência das indústrias da comida rápida.

Durante a gravação, Spurlock comia nos restaurantes McDonald’s três vezes ao dia, chegando a consumir em média 5000 kcal (o equivalente de 6,26 Big Macs) por dia durante o experimento.

Antes do início deste experimento, Spurlock, comia uma dieta variada. Era saudavel e magro, e media 188 cm de altura com um peso de 84,1 kg. Depois de trinta dias, obteve um ganho de 11,1 kg, uns 13% de aumento da massa corporal deixando seu índice de massa corporal em 23,2 (dentro da faixa “saudável” 19-25) a 27 (“sobrepeso”). Também experimentou mudanças de humor, disfunção sexual, e dano ao fígado. Spurlock precisou quatorze meses para perder o peso que havia ganhado.

O fator que motivou Spurlock para fazer a investigação foi a crescente propagação da obesidade em todo os Estados Unidos da América, que o diretor do serviço público de saúde dos Estados Unidos da América tinha declarado como “epidemia”, e a correspondente demanda judicial contra o McDonald’s em nome de duas meninas com sobrepeso, que alegaram que se converteram em obesas como resultado de comer alimentos do McDonald’s. Spurlock disse que apesar do processo contra McDonald’s ter falhado, grande parte da mesma crítica contra as companias de tabaco se aplica as franquias de comida rápida. Embora se podia argumentar que a comida rápida, ainda seja psicologicamente viciante,[1][2] não é tão viciante como nicotina.

O filme foca o Mc Donald’s como um dos representantes da indústria alimentar estadounidense, que criou tamanhos exagerados de porções e que, sempre que possível, induz ao consumo de mais e maiores porções, fazendo com que a população consuma muito além do necessário para uma alimentação saudável.

O documentário foi nomeado para um Oscar na categoria de melhor documentário longa.

Para assistir ao documentário em português clique nos links abaixo:

Parte 01 : http://www.youtube.com/watch?v=TcSurbn8LEo
Parte 02 : http://www.youtube.com/watch?v=bFNNcAHYFgo&feature=related
Parte 03 : http://www.youtube.com/watch?v=TsdCIj3d2AI&feature=related
Parte 04 : http://www.youtube.com/watch?v=Ihr61tK5GW8&feature=related
Parte 05 : http://www.youtube.com/watch?v=t875-CmvvAs&feature=related
Parte 06 : http://www.youtube.com/watch?v=JxAQ0J8J0cg&feature=related
Parte 07 : http://www.youtube.com/watch?v=tGdJvbfywcg&feature=related
Parte 08 : http://www.youtube.com/watch?v=5O3Q-mR2k1Q&feature=fvw
Parte 09 : http://www.youtube.com/watch?v=F3M1QrwGkbY&feature=related
Parte 10 : http://www.youtube.com/watch?v=5o_TN6BUwow&feature=related